Blog Verde Alface

Um blog que se quer fresco e leve... Como uma alface!

quarta-feira, junho 30, 2004

Vamos lá apoiar os nossos meninos!!!



Força Portugal!

terça-feira, junho 29, 2004

Como vão os teus conhecimentos da língua de Camões?

Como estás de vocabulário? Parece que eu estou em excelente forma (24 pontos)!
Vai lá experimentar...

Legalizaram a marijuana na Suiça...

Encontrei este cartoon no Blog do Sergei, que me fez arrancar uma valente gargalhada. Espero que tenha o mesmo efeito em vocês. Já agora, e para quem gosta de cartoons e caricaturas, vale a pena espreitar o cantinho do Sergei.

Os homens e a traição...

Não concordo com tudo o que se diz acerca dos homens. Nem no aspecto positivo, nem no aspecto negativo. Penso que não existem diferenças substanciais, em termos afectivos, entre os homens e as mulheres. É tudo uma questão de feitios. A diferença tem a ver com a lealdade e a fidelidade, que são mais importantes para as mulheres (regra geral). Os homens são mais desprendidos - pode ter a ver com o facto de, desde sempre, estes terem sido educados para ganharem o sustento, para partirem para as guerras, ao passo que as mulheres foram educadas para ficarem em casa a cuidar dos filhos, enquanto esperavam, ansiosamente, o marido... Em menor escala, isso ainda acontece. Os homens são, regra geral, menos culpabilizados por infidelidades (faz parte da natureza deles, diz-se), enquanto numa mulher, a infidelidade é imperdoável!
Na minha opinião, uma escorregadela na fidelidade é, ou não, perdoável, consoante a parte traída entende, independentemente de ser o homem ou a mulher a traír. No entanto, acredito que, depois de existir uma traição (seja ela a que escala for), as coisas nunca mais serão iguais entre o casal. Nunca mais existirá a mesma confiança, e serão sempre inevitáveis as indirectas a esse respeito, à primeira oportunidade.
Quanto à parte traída, se esta for a mulher, pensará sempre "o que fiz de errado?", "o que é que a outra pessoa tem melhor?", ao passo que o homem pensará sempre "grande v***", grande p***", "com um homem como eu...". Ou seja, a mulher tem tendência a culpabilizar-se sempre pelo facto de ter sido traída (mesmo que o faça inconscientemente), enquanto o homem encontra sempre outro culpado, que nunca ele.
Mas não vejo os homens como esse bicho do qual muitas mulheres falam. Debaixo dessas capas fortes e, muitas vezes, agressivas, os homens são, na maior parte, seres tão, ou mais, vulneráveis que as mulheres, sensíveis, carinhosos, carentes, afectuosos e, muitos conseguem ser........ leais e fiéis.

segunda-feira, junho 28, 2004



Quem sabe sabe
Conhece bem
Como é gostoso
Gostar de alguém...

Visibilidade?

Tive pena de não ter podido espreitar a marcha. Tive pena de não ter podido ir ao arraial. Tinha a minha filhota comigo. Mas passei todo o fim de semana a ver noticias à procura de algo relacionado com esses acontecimentos. Nada! Das duas uma: ou não houve, de facto, noticia alguma sobre esse assunto ou, se houve, foi tão insignificante, que passou despercebida! Como diz a Aan, viva o futebol!

Ficam, pelo menos, as noticias encontradas na net, que falam, essencialmente, da fraca adesão deste ano...
RTP
Portugal Diário

O meu fim de semana - relatório

O meu fim de semana foi o mais normal possivel. Não fiz nada de especial. Na Sexta-Feira lavei o carro, que já estava imundo (chegou ao cumulo de ter sido a minha filhota a chamar-me a atenção para esse facto!). Então, lá fomos as duas para um daqueles centros de lavagem com moedinhas. Saíu de lá um brinquinho! Por acaso, o meu carro não é da mesma marca que o da foto...


Passei toda a tarde de Sábado em limpezas (porque dormi até às 2 da tarde). Mesmo assim não consegui fazer tudo! Detesto limpezas!


Por volta das 6 da tarde chegaram as outras mulheres da minha vida, para jantar. Fiz bacalhau com natas porque a minha namorada adora. Estava bom... Ainda sobrou, alguém é servido?...


No Domingo fui para a praia com a minha filhota e a minha mais-que-tudo. Estava-se bem, apesar da ventania. Ainda tenho as orelhas cheias de areia!


Que bom vir trabalhar!...

Apenas porque tenho a porcaria do meu computador avariado, e no trabalho é a única forma que tenho para espreitar os blogs (e escrever, claro)...

sexta-feira, junho 25, 2004

Só mais uma...

O Catecismo da Igreja Católica e a homossexualidade.

"A homossexualidade designa as relações entre homens e mulheres que sentem atração sexual, exclusiva ou predominantemente por pessoas do mesmo sexo. A homossexualidade se reveste de formas muito variáveis ao longo dos séculos e das culturas. Sua gênese psíquica continua amplamente inexplicada. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves, a tradição sempre declarou que "os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados". São contrários a lei natural. Fecham o ato sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afetiva e sexual verdadeira. Em caso algum podem ser aprovados. Um número não negligenciável de homens e mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente enraizadas. Esta inclinação objetivamente desordenada constitui, para a maioria, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito compaixão e delicadeza. Evitar-se-á para com eles todo sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar a vontade de Deus em sua vida e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor às dificuldades que podem encontrar por causa de sua condição. As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes de autodomínio, educadoras da liberdade interior, às vezes pelo apoio de uma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem aproximar, graduais e resolutamente, da perfeição cristã."
(http://www.geocities.com/apostolvs/HOMOSSEXUALIDADE.htm)

Ah! Felizmente ainda existe salvação para mim... Benditas sejam as amizades desinteressadas! Aleluiah!

E agora?...

Qualquer pode compreender que a nudez não é o natural na humanidade. A nudez vai contra a moral natural. É certo que nascemos nus, mas as crianças carecem de instintos sexuais, e por conseguinte podem mostrar-se sem maior problema. Não se produz assim com os adultos. O instinto sexual é activado entre outros factores pela visão da nudez do outro. Se estamos nus, provocamos a estimulação dos instintos sexuais naturais, e isto não é o natural na espécie humana. O natural é que se formmem famílias compostas por um homem e uma mulher, e é entre estes casados entre os quais deve-se acender o estímulo sexual através da nudez, não com terceiras pessoas.


... Como é que eu vou fazer quando sair do banho? Terei que o tomar vestida? E antes de me vestir? Como vou fazer para não estar nua?! Grande dilema!

Podes ler este texto interessantissimo, na íntegra, aqui.

Humor...



(Cartoon de Sergei)

O Sexo e a Cidade






You Are Most Like Charlotte!


You are the ultimate romantic idealist

You've been hurt before, but that hasn't caused you to give up on love.

If anything, your resolve to fall in love is stronger than ever.

And it's this feminine optimism that men find most appealing about you.



Romantic prediction: That guy you are seeing (or crushing on)?

Could be very serious - if you play your cards right!





Conheces a famosa série "O sexo e a cidade"? É uma das minha preferidas! Eu já descobri que sou mais Charlotte. E tu? Com que personagem te identificas mais? Descobre
aqui..



Portugal 6 Inglaterra 5

Que lindo!!! Sofri muito, roí as unhas, senti o coração a bater em todo o corpo! Hoje ainda me sinto nervosa, e dói-me a garganta! Mas foi lindo! O Ricardo é um herói!
Depois do jogo, corri para o centro de Cascais, que estava ao rubro! Milhares de portugueses festejavam a vitória, juntamente com suiços, checos, etc. Alguns ingleses aplaudiam-nos timidamente. Os brasileiros tocavam pagode e dançavam, felicissimos. Havia até uma bandeira gigante feita da junção de uma bandeira do Brasil e de duas de Portugal.
O hino foi cantado umas dezenas de vezes. Era de tal forma a festa, que o trânsito estava cortado na baixa cascaense.
Os carros circulavam com buzinadelas e agitar de bandeiras. Um deles tinha escrito a tinta branca "Portugal Campeão!". As pessoas tocavam as mãos umas das outras, uniam-se, partilhavam a alegria que sentiam.
Bebés equipados, e com um ar espantado, crianças que saltavam e gritavam por Portugal (entre elas, a minha, que estava eufórica com a festa), cães de cachecol com as cores nacionais...
Foi uma festa linda, e todos os portugueses estão de parabéns!
(Já viram que continuo eufórica, desde ontem...)


quinta-feira, junho 24, 2004

Argumentos contra o casamento homossexual

Tendências homossexuais

Um tipo fez analise durante cinco anos, até que descobriu que ele, o pai, o avô, e os cinco tios tem tendências homossexuais. O psicólogo estupefacto perguntou-lhe:
- Mas não há ninguém na sua família que goste de mulheres?
- Claro que há, as minhas quatro irmãs!!!

Hoje ando toda vaidosa com as bandeirinhas nas unhas...

Que lindas!!

A partir de agora tenho aqui a foto de dois borrachinhos: eu e a minha namorada... E digam lá se não somos dois pedaços de mau caminho?

Portugal!

Malta, vamos lá a torcer pelos nossos meninos hoje!

quarta-feira, junho 23, 2004

Verde e vermelho

E pronto! Lá fui comprar vernizes verde e vermelho para fazer bandeirinhas nas unhas... Se Portugal perder, lá vou comprar tira-verniz... As lojas dos chineses têm ganho muito com esta recente onda de patriotismo!

Que musica estava no top britânico quando nasceste?

Neste site podes saber qual o hit do dia em que nasceste, no Reino Unido.
Quando vim ao mundo, ouvia-se o Amazing Grace tocado por uma banda militar (que coisa!).

Orgulho LGBT

PortugalPride.ORG

Concordo com a Marcha, ao contrário do que acontecia há um tempo atrás. Acho importante a visibilidade. Mas receio que se dê essa visibilidade apenas às pessoas mais espalhafatosas que lá estiverem, como sempre. Isso terá o efeito contrário ao pretendido.

Devagar, devagarinho...



Vai chegar o dia...

Para fechar os olhos e voar...

Já tomei um pequeno almoço revigorante e, agora, já estou melhor. Apetece-me dedicar esta musica à minha boneca. Apenas porque ambas gostamos muito dela. Apenas porque me apetece... Apenas por ser uma musica linda.

Baby Can I Hold You
Tracy Chapman


Sorry
Is all that you can say
Years gone by and still
Words don't come easily
Like sorry like sorry

Forgive me
Is all that you can say
Years gone by and still
Words don't come easily
Like forgive me forgive me

But you can say baby
Baby can I hold you tonight
Maybe if I told you the right words
At the right time you'd be mine

I love you
Is all that you can say
Years gone by and still
Words don't come easily
Like I love you I love you

But you can say baby
Baby can I hold you tonight
Maybe if I told you the right words
at the right time you'd be mine

Baby can I hold you tonight
Maybe if I told you the right words
at the right time you'd be mine
You'de be mine
You'd be mine....



Ando cheia de sono... Não me apetece fazer nada. Estou com aquela sensação de andar a pairar, ou de estar dentro de uma cabine, isolada do mundo...

terça-feira, junho 22, 2004

Que sapato és tu?

A Aan aderiu à minha testmania e colocou na sua Luz de Neón um teste muito engraçado, que determina que tipo de sapato és. Quanto a mim, sou salto alto. Go figure! Vai lá experimentar!...

high heel
High heels- peppy, up-beat, and outgoing, you are
most likely a cheerleader of some sort. You
are usually happy and insist that others are
too. When you aren't cheering you are probably
at a party having a blast.


Todos os dias agradeço a Deus
Ter-me concedido o privilégio
De ter convivido contigo,
De ter sido importante para ti,
Como tu foste para mim.
Foste, e serás para sempre, um ser lindo
E deixaste marcas profundas em todos aqueles
Que contigo se cruzaram na vida...
Tenho a certeza que estás, agora,
Num lugar muito bonito,
Como mereces...
Queria poder oferecer-te um presente
Neste teu dia de anos...
Não posso!
Só posso oferecer-te o meu amor,
Que durará até ao dia em que contigo me encontrar,
Nesse lugar bonito onde estás agora...


P.s.- Vês? Verde era a tua cor preferida...

segunda-feira, junho 21, 2004

Mas o meu tesourinho maior...

... também é delicioso!



O meu tesourinho mais pequenino...

... está uma delícia!



(Cartoon da autoria de Sergei)

Portugal!!!!!!!!!!!!!!!

Que grande alegria! Portugal venceu! Eu era uma dos pessimistas, confesso... Mas foi uma surpresa maravilhosa! Sofri um bocadinho nos últimos minutos, mas valeu a pena.
Depois do jogo fui com a minha namorada e uns amigos festejar para o Marquês de Pombal. Lindo! Um ambiente fantástico! 5 estrelas!
Somos os maiores quando acreditamos em nós!

sábado, junho 19, 2004

Gay or Straight?

Como funciona o teu gaydar? Faz este teste e descobre se tens um radar apurado, ou não... O meu fica pela metade...

E se um desconhecido...

... de repente, lhe oferecer flores?

Isso é...

...uma grande seca, porque para onde quer que nos viremos, à noite, existem senhores com ramos de rosas para vender... Qué frô?

sexta-feira, junho 18, 2004

A influência do futebol...

A minha filha perguntava-me ontem qual a razão das cores da bandeira nacional: "Porque é que é verde e vermelha, mãe?"
Não sabia o que responder. Disse apenas que alguém se tinha lembrado de pôr essas cores por serem bonitas...
"Hummm... Não acho que seja por isso..." Diz ela, "Ah! Já sei! A bandeira de Portugal é verde e vermelha porque são as cores do Benfica e do Sporting, que são os clubes que as pessoas de cá mais gostam!"

Que tipo de sapa és tu?



Por sapa entenda-se lésbica. Isto é um teste para determinar o grau de sapice. É apenas uma brincadeira. A mim saíu-me o seguinte:

Você é uma lady, uma femêazinha, não tem o menor trejeito de sapa e quando você conta isso pra alguém geralmente é um choque. Adora ser dominada por uma "mulher" e estar em uma postura submissa. Tome cuidado pois nessas pode acabar perdendo sua personalidade.

E tu? Que sapa és tu? Descobre aqui.

Nhami!

São servid@s de um bacalhau espiritual, que vai ser o meu almoço?



quinta-feira, junho 17, 2004

Fingir:

Fingimos que estamos bem, quando não queremos preocupar quem amamos;

Fingimos que estamos doentes, em criança, para faltar à escola;

Fingimos não ter fome, mesmo que estejamos com o estômago colado às costas, quando nos oferecem algo para comer, e não é de bom tom aceitar;

Fingimos não ter frio quando estreamos aquela camisolinha de alças tão gira;

Fingimos não ter calor quando vamos trabalhar com aquela gola alta que adoramos, na Primavera;

Fingimos não ter sono, quando queremos prolongar a noite com uma pessoa agradável;

Fingimos estar atarefados quando chega o chefe;

Fingimos não ligar a certos comentários quando, na realidade eles ficam a remoer na nossa cabeça;

Fingimos perceber de certos temas de conversa, só para não ficar mal num grupo;

Fingimos uma amizade simples, quando na realidade há um amor que transborda...

Praia!!

Cheguei agora mesmo da praia! Fui com a minha "mais que tudo" para a Caparica... A água tinha uma temperatura muito boa, e o sol estava quente. De tal forma, que apanhámos as duas um valente escaldão, mesmo com protecção, e debaixo do chapéu nas horas mais quentes!
Mas foi um dia muito bom, em que namorei muito... Cada vez estou mais apaixonada!

quarta-feira, junho 16, 2004

E pronto! Acabou, e Portugal ganhou...

Recordações de infância...

Para quem sente saudades da Candy Candy, do Dartacão, das Maravilhosas Cidades do Ouro, Abelha Maia, Banna e Flapi, and so on and so on, existe um site com um pouco de tudo sobre essas séries animadas, que ainda fazem sonhar muita gente. Aí até podemos ouvir as músicas (pena serem em espanhol), imprimir desenhos para pintar (bom para mamãs e papás que têm que entreter os filhotes), ver imagens das séries, etc. É muito divertido, e fez-me suspirar de saudades! Cliquem nas imagens para espreitar...

Só quero ser feliz...



Quero brincar, correr e saltar... Quero que me levem ao parque para andar de baloiço, e quero que me ensinem a nadar na praia... Quero fazer bolinhos connvosco, e encomendar pizzas aos Sábados à noite... Quero que me leiam histórias, e quero fazer lutas de cócegas... Quero que me levem à escola, e quero que apareçam mais cedo para me levar ao Mac Donald's, como surpresa... Quero que cantem comigo bem alto, no carro, e quero que me tapem à noite na caminha... Quero um beijinho de boa noite das duas!

O que é que este texto tem de diferente se for dito por uma criança criada numa familia heterossexual ou por uma criada numa familia homossexual, com excepção da última frase?

Carinhos subentendidos...

Duas mulheres sentadas à mesa de um restaurante...
Duas mulheres atravessando uma rua.
Duas mulheres numa festa de escola.
Há uma poesia que cerca essas cenas.
Porque quando se vê duas mulheres juntas mais se intui do que se percebe.
E, de repente pode-se notar a troca de olhares. A ânsia como as mãos se tocam num balé de querer e disfarçar ao mesmo tempo. Tudo em volta parece respirar poesia.
Atravessar uma rua se torna um ato romântico quando os braços se unem num quase abraço.
Carinhos subentendidos.
É assim, por enquanto, que nós nos amamos em público, disfarçadamente.
Muitas têm vergonha.
Algumas temem conhecidos.
E a maioria tem um certo receio, plenamente justificado de se submeter à maldade do mundo que não se habituou ainda aos diferentes.
Mas aos poucos se pode notar aqui e ali que o amor entre iguais é mais comum do que muita gente pode querer acreditar.
Quando andar de mãos dadas com quem se ama é uma tarefa tão difícil a gente passa a dar muito mais valor a qualquer gesto de carinho e todos os toques se tornam deliciosos...

(Texto de Sapho)

terça-feira, junho 15, 2004

Escapadinha...

Vou contar-vos um segredo: hoje prolonguei a minha hora de almoço, e fui a casa fazer amor com a minha namorada. Foi uma escapadinha deliciosa! Já tinha tantas saudades de nós...




No matter what...

Foto da Parada Gay de São Paulo


Domingo, 13 deste mês

segunda-feira, junho 14, 2004

Tal qual estrela de cinema...

Encontrei um site, o Analogia, onde podemos, através de uma foto nossa, saber com qual estrela de cinema somos parecid@s.
Descobri que tenho semelhanças fisicas com a Jodie Foster, com a Yasmine Bleeth e com a Chi Hsu (que não faço ideia quem seja)... Hummmmmm... Tenho que andar mais atenta agora nos grandes Centros Comerciais - sabe-se lá se não sou descoberta por algum caçador de talentos de Hollywood!

Puro acaso?...


Faz agora 1 ano que percebi que amava uma mulher. Foi precisamente no dia do Arraial. Acasos da vida, que nos fazem pensar...

Hoje já me irritei com o meu cão! Enquanto tomava banho, fiquei sem uma t-shirt que adorava... Roeu-a! Já me tinham avisado que iria ficar sem algumas coisas, mas ele parece ter um fétiche qualquer pelas minhas peças de roupa. No entanto... quem é que resiste àquela fofura?...

Biba a Inbicta

A semana passada fui ao Porto com uma amiga. Decidimos na Sexta, e fomos no Sábado! Foi uma aventura! Confesso que nunca gostei da cidade do Porto. Achava-a uma cidade cinzenta, sem interesse... Rapidamente mudei de ideias! Tivémos a sorte de conhecer a cidade acompanhadas por dois amigos nossos que lá vivem, e que têm (como quase todos os portuenses) uma enorme paixão pela sua terra. E que bem que me souberam transmitir essa paixão! E que apaixonada que também fiquei!

Fizémos a viagem até à Régua na automotora, e daí seguimos para Vila Real pela linha do Corgo. Foi um passeio lindíssimo e inesquecível! À noite comemos umas deliciosas francezinhas e andámos a pé pela cidade, que tem um brilho deslumbrante...
No dia seguinte conhecemos a Ribeira, a Foz, e fomos até Matosinhos e Vila do Conde. Mas, como tudo o que é bom acaba depressa, tivémos que regressar... Estafadas, mas felizes... E com a vontade de regressar ao Porto o mais depressa possível!

Convido-vos a visitar o site da Câmara Municipal do Porto para verem algumas imagens desta cidade belíssima, que me deixou encantada...


domingo, junho 13, 2004

Voltei!

E pronto! Voltei! Após uma longa ausência, decidi voltar a escrever no blog... Passei por um período difícil, e tinha decidido cortar com tudo o que estivesse, de alguma forma, relacionado com a minha vida afectiva. Fi-lo. Mas, aos poucos, tudo vai voltando, e sinto que este cantinho já fazia parte de mim...
Tudo o que já escrevera ficou irremediavelmente perdido... Não faz mal! Eu sou a mesma...
A todos quantos sentiram a minha falta, muito obrigada, e um beijo muito grande!!


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com